Computação em Nuvem | Tudo o que você precisa saber

0
1946

 

Entendendo a Computação em Nuvem

A computação em nuvem é um termo que tem sido cada vez mais utilizado desde 2008 e cada vez mais estudado e explorado nos dias de hoje. Para quem não sabe, computação em nuvem ou computação nas nuvens significa cloud computing, temos inglês. Mas, não pense que as nuvens tratadas aqui são as que transitam no céu. Brincadeiras à parte, a computação em nuvem tem ganhado cada vez mais força devido aos avanços da tecnologia e todos os aparelhos que permitem acessar a uma rede.
 
A Computação em nuvem, permite que os técnicos de TI insiram aplicativos ou programas diretamente na internet, independentemente da sua plataforma e com o mesmo funcionamento e facilidade. Mas será que a computação em nuvem pode realmente trazer melhorias tanto para os usuários como para as empresas que investem neste novo sistema? Existem riscos? Vantagens e desvantagens? No texto abaixo, estas e outras perguntas poderão ser respondidas.
 

Dentro da Computação em nuvem

Arquivos e dados normalmente são salvos no disco rígido de nossos computadores que foram gerados por softwares instalados no próprio equipamento. Nas empresas, esse tipo de rotina é um pouco diferente, algumas empresas trabalham com a gravação dos seus dados em uma central (servidor) onde as demais máquinas da estação podem ler os dados ou gravar novos, desde que, sejam autorizadas. Uma das principais vantagens em armazenar arquivos e dados como acima descrito é o fato de ser possível ter acesso aos dados sem a necessidade de estar conectado à internet.
 
Neste caso, todos os dados podem ficar restritos a um determinado equipamento, excluindo quando há o compartilhamento de arquivos em rede, desta maneira, todos os arquivos podem ser acessados. Isso em ambientes corporativos, já no computador residencial os dados ficam restritos apenas a uma máquina, já que não é comum encontrarmos redes em computadores residenciais. Porém, vale lembrar que, mesmo para os ambientes coorporativos pode haver algumas limitações, já que, para acessar determinado arquivo gerado em determinado software é necessário tê-lo instalado nas outras máquinas, o que gera algum custo.

Computação em nuvem - Cloud Computing

Hoje em dia os avanços tecnológicos tem avançado a passos largos para o futuro da computação. Esses avanços tem possibilitado mudanças significativas no uso da internet e dos seus recursos, um deles é a computação em nuvem. E com os avanços da tecnologia e das telecomunicações, não somente o termo como também a tecnologia tem sido cada vez mais disseminada no mundo inteiro.
 
E a computação em nuvem é uma grande prova dos avanços dessas pesquisas, com este recurso, você não precisa instalar programas em sua máquina ou no dispositivo, os programas já estão operando na nuvem aguardando apenas o seu acesso e as suas ordens para fazerem o que precisa que façam para você, isso inclui o armazenamento de arquivos ou dados, ou seja, além dos aplicativos disponíveis em nuvem ainda será possível guardar os arquivos criados em sua máquina ou aplicativo e acessados de qualquer parte do mundo.
 
Outro ponto que vale ressaltar sobre as vantagens em utilizar a computação em nuvem é o facto de não ter custo algum com infraestrutura, energia, manutenção e etc., sabe porquê? Porque esse tipo de tarefa fica a cargo da empresa que ofereceu tais serviços para o usuário que terá como única preocupação, organizar seus arquivos.
 
Para você compreender melhor essa nova tecnologia, podemos citar a Microsoft com o seu Office Online, um recurso que disponibiliza ferramentas envolvidas com o pacote Office sem estar instalado em sua máquina, ou seja, você pode criar um texto com esta ferramenta e alterá-lo, imprimi-lo em qualquer parte do mundo, entre outras facilidades do pacote Office. E tudo que o usuário precisa é criar sua conta para ter acesso á ferramenta da Microsoft.
 

Características da computação em nuvem

Uma das principais vantagens da computação em nuvem você já conhece, que é a possibilidade de acessar determinados aplicativos via internet sem a necessidade de instalá-lo em seu computador ou qualquer outro dispositivo. Contudo, as vantagens desta nova tecnologia vão muito além desta possibilidade. Conheça abaixo mais algumas vantagens importantes.

  • Os usuários podem acessar o conteúdo independente do seu equipamento ou sistema operacional.
  • Os usuários não precisam se preocupar com os cuidados básicos, como: controlo de segurança, manutenção ou backups e muito menos com a estrutura necessária para executar o aplicativo desejado.
  • A computação em nuvem também aprimora o trabalho colaborativo e o compartilhamento de dados pelo facto da disponibilidade dos arquivos na nuvem poderem ser acessados por outros usuários desde que, tenham acesso e permissão.
  • Outro ponto importante é a disponibilidade dos serviços na nuvem, digamos, caso um dos servidores do fornecedor de serviço tenha algum problema, um outro é automaticamente ativado justamente para os usuários não ficarem sem os serviços contratados.
  • Em termos de custo, a computação em nuvem também tem se mostrado um ótimo negócio. Muitas aplicações são gratuitas, no entanto, podem existir situações em que o fornecedor necessite determinado valor, porém, isso só acontece quando está relacionado ao tempo de utilização ou algum outro recurso. Na computação em nuvem, o usuário não precisa comprar a licença de uso do software.
  • Apesar de mencionarmos que os softwares são instalados na nuvem e não na máquina do usuário, existem alguns programas que podem solicitar instalação parcial em máquina local ou dispositivo, porém, é apenas uma parte necessária para o melhor funcionamento do aplicativo ou programa, sua maior parte estará na nuvem, como também a possibilidade dos arquivos gerados.

Computação em nuvem - Cloud Computing

Outro ponto para deixar claro ao usuário é que, ao utilizar a computação em nuvem, você não precisa conhecer os detalhes do prestador de serviço, como: capacidade dos servidores, distribuição, manutenção, localização do servidor e etc. Tudo que você precisa saber na computação em nuvem é apenas se o software ou aplicativo está disponível para você.
 

Software as a Service (SaaS)

Este tipo de serviço está ligado à computação em nuvem de uma maneira particular. Neste caso, os softwares desenvolvidos são oferecidos ao usuário como se fosse um tipo de serviço, sem a necessidade de pagar completamente a sua licença, entretanto, as empresas que oferecem essa possibilidade costumam cobrar uma assinatura ou simplesmente uma taxa para uso do serviço, que pode variar de: tempo de uso ou mensal.
 
Para você compreender melhor esse sistema de Software as a Service ou simplesmente SaaS, veja o exemplo: digamos que você tem uma empresa de Contabilidade e precisa comprar um software que lhe permita criar balancetes, porém, esse software terá que ser instalado em 10 máquinas devido à procura. Neste caso, você terá que comprar licenças para essas máquinas ou, dependendo da situação do seu equipamento, comprar novas máquinas para atender essa procura o que pode gerar um custo além das possibilidades da empresa.
 
Ainda utilizando o exemplo acima, digamos que a empresa de contabilidade encontra um fornecedor que lhe permita a tecnologia de computação em nuvem e ainda, utilizar o modelo Saas. A empresa contratante dos serviços acaba pagando apenas pelo tempo de uso ou quantidade de acesso ao sistema que está instalado na nuvem, gerando um custo mais acessível para empresas de pequeno porte, e vale lembrar que, a empresa que contrata esse tipo de serviço não precisa se preocupar com a infraestrutura da informática e manutenção, isso fica a cargo do fornecedor dos serviços.
 
Outra vantagem a ser levada em consideração é o tempo da utilização dos serviços. Digamos que você acabou comprando o software e agora terá que instalar nas dez máquinas isso sem mencionar, a possibilidade de alguma manutenção ou upgrade. Já contratando esse mesmo software em nuvem, o tempo de espera é apenas o da contratação dos serviços, e não podemos esquecer, a conexão de internet, claro, em determinados softwares, como dito, é necessário instalar alguma parte apenas para identificação do cliente. Duas grandes empresas atuante no mercado oferecem esse tipo de serviço, são elas: HP e Oracle.
 

Platform as a Service (PaaS)

Este é um tipo de serviço mais completo pelo fato de atribuir recursos essenciais para a operação, tais como: banco de dados, armazenamento, escalabilidade, segurança, suporte à linguagem de programação, entre outros.
 

Database as a Service (DaaS)

Como o próprio nome diz, esse tipo de serviço é voltado para o armazenamento ou acesso de dados. A vantagem deste serviço é o facto do contratante ter liberdade para aumentar a expansão ou a flexibilidade do banco, facilitar a entrada de usuários autorizados, compartilhar dados com outros sistemas e etc.
 

Infrastructure as a Service (IaaS)

Na Infraestrutura como Serviço temos algo que funciona semelhante ao PaaS, porém, como o próprio nome já deixa claro, o foco deste serviço é a estrutura, seja das máquinas virtuais quanto no quesito hardware, e ainda permitindo o usuário a ter acesso aos recursos do sistema.
 

Testing as a Service (TaaS)

E para terminar, este serviço tem um nome explicativo, Teste como Serviço e permite criar um ambiente adequado permitindo que o usuário teste sistemas ou aplicações remotamente, observando e simulando os níveis de execuções e seus comportamentos.
 
 

DEIXE UMA RESPOSTA